fundo topo.png
fundinho_edited.png
titulo diferente.png
sapinho.png
Gradient

 EPISÓDIO 2. OS TEMPOS DE MARIA FIRMINA DOS REIS

 

O primeiro romance brasileiro escrito por uma mulher, e uma mulher negra, chama-se Úrsula, de Maria Firmina dos Reis. Este romance de 1859 quase caiu no esquecimento. Neste episódio, com a ajuda dos estudantes Yago Monteiro e Patrícia Souza, teremos elementos para entender porque esse livro é incontornável na história da literatura brasileira.

Ouça o episódio também no Spotify, YouTube ou encontre outras plataformas no Anchor.

Gradient

conteúdo relacionado 

Úrsula - Romance Original Brasileiro
Úrsula e outras obras

Link externo - camara.gov.br

Capa da primeira edição do livro Úrsula de 1859

(Foto: Domínio Público)

Anúncio de Úrsula no jornal A Imprensa

Anúncio de Úrsula no jornal A Imprensa

(Fonte: Hemeroteca Digital)

Sankofa número 2 - Abdias Nascimento.jpg

"Sankofa número 2" de Abdias Nascimento

Símbolo que expressa a ideia de "retornar ao passado para ressignificar o presente e construir o futuro", Sankofa pode ser usado para entender a obra Úrsula, de Maria Firmina dos Reis.

SANKOFA nº 2 - Resgate (Adinkra Asante). In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/obra68775/sankofa-no-2-resgate-adinkra-asante>. Acesso em: 09 de Fev. 2021. Verbete da Enciclopédia.
ISBN: 978-85-7979-060-7

Yago Monteiro

Yago Monteiro - Estudante de Letras da UFF

(Foto: Divulgação)

Patrícia Souza

Patrícia Souza - Estudante de Letras da UFF

(Foto: Divulgação)